BRASIL , Sudeste , SAO PAULO , Mulher , de 20 a 25 anos , Portuguese , Spanish , Arte e cultura , Música , Livros
MSN -
escritoshumanos@hotmail.com

Meu Humor

Nome: Fê_Notável
Idade: 22 anos
Cidade: São Paulo / SP
E-Mail: escritoshumanos@hotmail.com
Web: www.algumasobservacoes.blogspot.com



.: Outros sites :.

- Algumas Observações - por Fê_Notável
- Á Flor da Pele
- Absurdos & Abstratos - por Bic Azul
- AP_Noturno
- Articulando a quarta internacional
- Backstreet Boys
- Biologa Poetisa
- Brincando com Palavras II
- Às vezes céu azul, às vezes tempestade
- Dicas de Vida
- Doces Poesias
- Em Branco e Preto
- Finzinho de Feira
- Flog do Brian
- Flog da Trinyt
- Gotas diárias de Sentimento
- Idéias Despedaçadas
- Kaworu Nagisa Unlimited
- Jardim de Letras
- Mensagem da Garrafa
- Metamorfose Pensante
- MI INTROSPECTIVA
- Murissokas
- New Literature
- O Quarto
- Obrinhas - Psicofilosofias da vida Cotidiana
- Olhando Pra Frente
- Olhe o Céu
- Palavras...
- Pão, Café e Tulipas
- Pensamentos no Ar
- Pileque de Palavras
- Plurisignificativo
- Quase Poema
- Segredos e Surpresas
- Simpatia e Esculacho
- Site dedicado ao Paul Hewson
- Sol a Sol
- Solta no Mundo
- Sonhos & Frustrações - Alimentos para Alma
- Sonhos e Amores
- Textos, Textículos, Poemas e Poesias
- Três Pontinhos
- Um Cara Estranho
- Vidas Ilustradas
- Vale da Solidão
- Vivo e Aprendo
- Vozes ao infinito
- Woodstock
- Blog do Karlos
- Sonetos.com.br
- Alma de Poesia
- Gritos Verticais
- (Marta) entre parênteses
- Trajedia
- Visite a Vontade
- Os Personagens
- Escrituns
- Blog da Devotchka
- Mais prosa do que verso!

01/12/2008 a 31/12/2008

01/11/2008 a 30/11/2008

01/10/2008 a 31/10/2008

01/09/2008 a 30/09/2008

01/08/2008 a 31/08/2008

01/07/2008 a 31/07/2008

01/06/2008 a 30/06/2008

01/05/2008 a 31/05/2008

01/04/2008 a 30/04/2008

01/03/2008 a 31/03/2008

01/02/2008 a 29/02/2008

01/01/2008 a 31/01/2008

01/12/2007 a 31/12/2007

01/11/2007 a 30/11/2007

01/10/2007 a 31/10/2007

01/09/2007 a 30/09/2007

01/08/2007 a 31/08/2007

01/07/2007 a 31/07/2007

01/06/2007 a 30/06/2007

01/05/2007 a 31/05/2007

01/04/2007 a 30/04/2007

01/03/2007 a 31/03/2007

01/02/2007 a 28/02/2007

01/01/2007 a 31/01/2007

01/12/2006 a 31/12/2006

01/11/2006 a 30/11/2006

01/10/2006 a 31/10/2006

01/09/2006 a 30/09/2006

01/08/2006 a 31/08/2006

01/07/2006 a 31/07/2006

01/06/2006 a 30/06/2006

01/05/2006 a 31/05/2006

01/04/2006 a 30/04/2006

01/03/2006 a 31/03/2006

01/02/2006 a 28/02/2006

01/01/2006 a 31/01/2006



.::Fê_Notável Recomenda::.

- 1000 imagens
- Casa das Rosas
- Câmara Brasileira dos Livros
- Consciência.net
- Diários de Viagem
- Domíno Público
- Leia Livro
- Luis Fernando Verissimo - Panorama Editorial
- Photografos
- Portal Literal
- Sonetos.com.br
- Verdes Trigos


.::Gostou?! Então Vote!!!::.

- Deixe a sua nota para o Escritos Humanos!!!!!!

Indique o Escritos Humanos a seus amigos!





.::Indicações e Premiações::.

Indicado por Júnior Creed

Indicado Por Sarah K. e Rafaela (Bióloga Poetisa)



.::Visitas::.


visitas

.::Zerado em 05 de novembro de 2006::.

.::No ar desde::.
Domingo - 15 de Janeiro de 2006 - às 21h12.

.::Créditos::.

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Google Analytics

Créditos

Sem título

                                                                          Foto: Google imagens

 

Cada vez que sozinha me sinto

Entrego-me a algo que me acalenta

Que faz meu coração bater,

Que minh’alma alimenta.

 

Em forma de felicidade chega

juntamente com o papel e a caneta

que sobre este papel desliza,

ah! Vão-se idéias, sentimentos,

dores, carícias...

 

E as lembranças o coração invade,

sinto então, nostalgia, saudade,

dos que se foram e aqui não estão,

mas que para sempre morarão no meu coração.

                                                         (Fê_Notável)

:: Postado por Fê_Notável às 21:43
::
:: Enviar esta mensagem

A Procura da Poesia (fragmento)

Penetra surdamente no reino das palavras.
Lá estão os poemas que esperam ser escritos.
Estão paralisados, mas não há desespero
há calma e frescura ma superfície intata
Ei-los sós e mudos, em estado de dicionário.
Convive com teus poemas, antes de escrevê-los.
Tem paciência, se obscuros. Calma, se te provocam.
Espera que cada um se realize e consuma
com seu poder de palavra
e seu poder de silêncio

Não forces o poema a desprender-se do limbo.
Não colhas no chão o poema que se perdeu.
Não adules o poema. Aceita-o.
como ele aceitará sua forma definitiva e concentrada no
espaço.

Chega mais parto e contempla as palavras
cada uma
tem mil faces secretas sob a face neutra
e te pergunta, sem interesse pela resposta
pobre ou terrível, que lhe deres:
Touxeste a chave?

Repara:
ermas de melodia e conceito,
elas se refugiaram na noite, as palavras.
Ainda úmida e impregnadas de sono,
rolam num rio difícil e se transformam em desprezo.

(Carlos Drummond de Andrade)

~~~~~~~~~~~

Feliz Dia do Poeta e da Poesia a todos!

:: Postado por Fê_Notável às 11:21
::
:: Enviar esta mensagem

Estático...

 

Parada

Está a largatixa

Sobre a porta...

 

Imóvel

Sigo tentando organizar

Os pensamentos que minha mente entorta...

                                      (Fê_Notável)

:: Postado por Fê_Notável às 10:32
::
:: Enviar esta mensagem